PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Decreto de Mourão autoriza atuação de militares no INSS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Decreto foi publicado na noite desta quinta-feira, 23 de janeiro, em edição extra do “Diário Oficial da União”. 

O presidente em Exercício, Hamilton Mourão, assinou um decreto, nesta quinta-feira (23), com regras sobre a contratação de militares da reserva para atuar em órgãos federais.

A informação foi confirmada pela assessoria do Palácio do Planalto, que está sob comando de Mourão devido à viagem do presidente da República, Jair Bolsonaro, à Índia

Essa é uma das medidas anunciadas pelo governo para reforçar o atendimento nas agências do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS).

O texto assinado por Mourão prevê que os militares serão escolhidos em um chamamento público, sem convocação obrigatória. 

Quem for chamado vai ganhar 30% adicionais sobre o que já recebe como inativo. O prazo máximo de convocação desses militares é de quatro anos, informa o portal G1.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.