Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Defensor de marginais ricos, diz Heleno sobre Kakay

Brasil não abrirá mão de riquezas com base em falácias, diz Heleno
COMPARTILHE

“Enquanto alguns lutam pelos valores básicos da cidadania, outros preferem uma sociedade corrompida”, disse Heleno sobre Kakay.

O ministro-chefe do GSI (Gabinete de Segurança Institucional), Augusto Heleno, saiu em defesa, neste domingo (2), da ministra da Família, da Mulher e dos Direitos Humanos, Damares Alves.

Em mensagem no Twitter, Heleno classificou o advogado criminalista Antonio Carlos de Almeida Castro, apelidado de Kakay, como um “defensor de alguns marginais ricos”.

Kakay, que se notabilizou por defender políticos na mira da operação Lava Jato, ofendeu Damares em mensagens enviadas em um grupo de juristas no WhatsApp.

“É o retrato do Brasil de hoje. Enquanto alguns lutam pelos valores básicos da cidadania, outros preferem uma sociedade corrompida, devassa e a caminho de perder a liberdade”, acrescentou o general Heleno.

O repúdio de Heleno foi compartilhado por outros ministros do governo Jair Bolsonaro, como o titular da pasta da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro.

“No fundo, é puro preconceito por Damares Alves ser mulher, evangélica e Ministra. Não cabe na visão de mundo de pessoas limitadas, daí as ofensas”, disse Moro, como noticiou a RENOVA.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE