Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

Defesa de El Chapo diz que cartel subornou presidentes do México

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Defesa de El Chapo diz que cartel subornou presidentes do México

O advogado do narcotraficante mexicano Joaquín “El Chapo” Guzmán afirmou que o Cartel de Sinaloa pagou subornos milionários ao atual presidente do México, Enrique Peña Nieto, e a seu antecessor, Felipe Calderón.

O processo de El Chapo começou nesta terça-feira (13) em um tribunal de Nova York.

O advogado Jeffrey Lichtman também garantiu ao júri que o verdadeiro líder do Cartel de Sinaloa é Ismael “Mayo” Zambada, que jamais passou um dia na prisão e segue foragido, responsável pelo pagamento “ao atual e ao anterior presidentes do México (..) milhões de dólares em subornos”.

Felipe Calderón, que foi presidente do México entre 2006 e 2012, reagiu imediatamente afirmando que as declarações do advogado “são absolutamente falsas e temerárias”.

Em seguida, um porta-voz do atual presidente em fim de mandato também usou o Twitter para rebater as acusações defesa de “El Chapo”. Peña Nieto assumiu o cargo em 2012 e o entregará em 1º de dezembro ao presidente eleito, López Obrador.

 

Adaptado da fonte Veja

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email