Português   English   Español

Defesa de Lula financiada com dinheiro do contribuinte

Advogados de Lula pago com dinheiro do povo

A campanha do presidiário Lula (PT) registrou R$ 1,5 milhão em gastos eleitorais com o escritório de advocacia Teixeira, Martins Advogados, que defende o petista nos processos criminais da Lava Jato.

A despesa é descrita pelo PT como “consultoria jurídica em processo eleitoral”, segundo informações da Folha de S. Paulo.

Em nota oficial, a assessoria de imprensa da campanha afirmou que o escritório “prestou consultoria ao registro da chapa do Partido dos Trabalhadores”.

Segundo informações de O Antagonista:

O contribuinte brasileiro pagou as chicanas de Lula.

Cada viagem de Cristiano Zanin a Genebra para obter o relatório fajuto da ONU foi bancado pelo fundo eleitoral, que garantiu o pagamento de 1,5 milhão de reais ao seu escritório.

Como já havia informado a Renova Mídia, o escritório de Eugênio Aragão faturou outros 900 mil reais.

Deixe seu comentário

Veja também...