Delações da Odebrecht podem ajudar 5 inquéritos na Argentina

Idiomas:

Português   English   Español
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

O tratado para a utilização de delações premiadas e acordos de leniência firmados no Brasil, no âmbito da Operação Lava Jato, deve ajudar em pelo menos cinco investigações envolvendo a Odebrecht na Argentina.

Os ministérios públicos dos dois países definiram, há uma semana, as bases de um pacto para a troca de informações obtidas por meio de delações, e o acordo final deve ser assinado em breve.

Segundo o jornal “La Nación”, quatro juízes de Buenos Aires se debruçam sobre cinco inquéritos ligados à empreiteira do Brasil, “que poderiam dar um salto qualitativo com o material da Lava Jato”.

As investigações giram em torno do ex-diretor da Odebrecht para a América Latina Luiz Antonio Mameri, que deve prestar depoimento em 24 de outubro, em um caso sobre supostos pagamentos de propinas relacionadas a uma obra ferroviária.

 

Com informações da Isto É

Newsletter RENOVA

Receba diariamente as principais notícias do Brasil e do Mundo.

Curta e compartilhe esta notícia

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário

Veja outras notícias em destaque