Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Delegados processam fundador do MBL por danos morais

'É uma declaração de guerra ao Congresso' diz MBL sobre protestos
Imagem: Reprodução/YouTube
COMPARTILHE

Membros do Sindpesp querem remoção do vídeo e indenização de R$ 40 mil por danos morais.

O Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo (Sindpesp) ingressou¹, nesta terça-feira (2), com uma medida judicial contra Renan Santos, cofundador e coordenador do Movimento Brasil Livre (MBL).

O sindicato pede que seja retirado um vídeo postado no canal do MBL, no YouTube, em que Renan profere insultos aos delegados de polícia e policiais civis:

O trecho do vídeo que motivou a ação é o seguinte:

“Eventualmente é um playboy, o pai dele tem o contato com o delegado, ou eventualmente é um bandido, que enfim, tem conexões com a polícia civil, aí o cara é liberado, malandro é liberado, às vezes, paga uma propina pro delegado de polícia civil, as vezes tem um contato ali com os investigadores, e nada acontece.”

A petição inicial assinada pelo advogado Fabio Luiz Santana lembra que o canal do MBL possui mais de 1 milhão de seguidores e o vídeo já foi assistido mais de 125 mil vezes.

Raquel Kobashi Gallinati, presidente do Sindpesp, afirmou que a manifestação equivocada de Renan desrespeitou a honra de inúmeros policiais civis que dedicam suas vidas a garantir a segurança das pessoas, com profissionalismo e ética. 

Gallinati acrescentou:

“O Sindpesp repudia qualquer ato de corrupção, seja ele praticado por policiais ou por qualquer outro agente público ou político e atua para que nossas instituições sejam aperfeiçoadas.”

Além da retirada do vídeo, o sindicato também requer uma indenização de R$ 40 mil por danos morais e o direito de resposta em todas as redes sociais do autor.

Em mensagem² no Twitter, Renan Santos rebateu as acusações:

“Fui processado por falar que ouvi relatos de que delegados de polícia civil foram corruptos. Pelo sindicato dos delegados. Processo tosco ( derrota certa), apenas para assustar.”

Referências: [1][2]

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários