Deltan Dallagnol processa José de Abreu

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

“Pessoa que não convive com opiniões diversas, que desrespeita a vida alheia”, diz Dallagnol sobre Abreu.

O procurador da República, Deltan Dallagnol, coordenador da operação Lava Jato em Curitiba, entrou com uma ação contra o ator José de Abreu por “constantemente ofender a honra e dignidade” nas redes sociais.

A ação de Dallagnol pede uma indenização de R$ 41,8 mil.

No texto do pedido de indenização, segundo O Antagonista, Dallagnol afirma:

“Ao chamar o Autor de bandido, canalha, bandido sem caráter, vagabundo, verme, bandido da pior espécie, rato, idiota, imbecil, além ainda de associá-lo como membro de um orgcrim (organização criminosa) e dizer canalha, vai para a cadeia, é evidente que o réu (José de Abreu) não exerceu qualquer direito de expressão ou de crítica, mas partiu para deliberado ataque à honra e dignidade do autor, provando ser pessoa que não convive com opiniões diversas, que desrespeita a vida alheia e debocha dos estatutos legais e institucionais do Brasil.”

Na última quinta-feira (6), o deputado Kim Kataguiri (DEM-SP) também afirmou que processará Abreu por injúria.

“Canalha. Pega esse dedinho e enfia no rabo, bandido”, disse o ator em mensagem enviada a Kataguiri, como noticiou a RENOVA.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.