Deltan diz que STF fechou ‘janela de combate à corrupção’

Idiomas:

Português   English   Español
Deltan diz que STF fechou ‘janela de combate à corrupção’
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

O coordenador da força-tarefa da Operação Lava Jato em Curitiba, Deltan Dallagnol, criticou a decisão tomada pelo STF nesta quinta-feira (14).

Deltan Dallagnol criticou a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a competência exclusiva da Justiça Eleitoral para julgar casos de crimes comuns em que houver crime eleitoral envolvido.

Segundo o procurador da República, a derrota histórica da Operação Lava Jato nesta quinta-feira (14) começa a “fechar a janela de combate à corrupção política que se abriu há 5 anos”.

Pelo julgamento de ontem, todo caso de corrupção e lavagem de dinheiro que envolver também caixa 2 eleitoral deverá sair da Justiça Federal e ser enviado para a Justiça Eleitoral.

O coordenador da Lava Jato e outros procuradores da força-tarefa criticaram duramente nos últimos dias esta possibilidade. Ao tomar a decisão, o Supremo ignorou a preocupação da Lava Jato e a aflição da população.

Newsletter RENOVA

Receba diariamente as últimas notícias do Brasil e do Mundo.

Curta e compartilhe esta notícia

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário

Veja outras notícias em destaque