Democratas acusam Trump de aplicar golpe à Constituição

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Os líderes democratas criticaram nesta sexta-feira (15) a declaração do presidente Donald Trump de uma emergência nacional.

A medida permite que o presidente dos Estados Unidos receba os recursos financeiros para construção do muro ao longo da fronteira com o México sem a aprovação do Congresso.

Em um comunicado conjunto, a presidente da Câmara de Representantes, Nancy Pelosi, e o líder democrata no Senado, Chuck Schumer, afirmaram:

“A declaração ilegal do presidente sobre uma crise que não existe causa grande violência à nossa Constituição e torna os Estados Unidos menos seguros, roubando fundos de defesa urgentemente necessários para a segurança de nossos militares e de nossa nação.”

Segundo a revista ISTOÉ, os parlamentares esquerdistas acrescentaram:

“Isto é claramente uma tomada de poder por um Presidente decepcionado, que extrapolou os limites da lei para tentar obter o que não conseguiu no processo legislativo constitucional”.

Em pronunciamento no jardim da Casa Branca, o presidente dos Estados Unidos anunciou que estava declarando emergência nacional nesta sexta-feira (15).

Trump justificou a medida dizendo que há uma tremenda quantidade de drogas entrando nos EUA pela fronteira com o México, como noticiou a RENOVA.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.