Português   English   Español

Democratas preocupados com fim da narrativa Trump-Rússia

Três senadores democratas dos Estados Unidos iniciaram nesta segunda-feira (19) uma nova contestação legal da nomeação de Matthew Whitaker, escolhido do presidente Donald Trump como secretário de Justiça interino

Após Jeff Sessions renunciar ao cargo de Secretário da Justiça o presidente do Estados Unidos ganhou a oportunidade de indicar um nome interino.

Sessions havia se afastado da investigação sobre a suposta influência da Rússia na vitória de Donald Trump poucas semanas após assumir a prestigiada posição. O movimento gerou muitas críticas do chefe da Casa Branca ao longos dos últimos anos e abriu espaço para nomeação do procurador especial Robert Mueller.

Trump indicou Matthew Whitaker para substituir Sessions interinamente. O escolhido pelo presidente tem o controle sobre a investigação e pode conduzir a demorada caça às bruxas ao fim.

Os democratas acusam Trump de privar o Senado de seu poder constitucional de se pronunciar em tais indicações, segundo informações da Reuters.

Uma ação civil foi apresentada em um tribunal federal de Washington pelos senadores esquerdistas Richard Blumenthal, Sheldon Whitehouse e Mazie Hirono.

Os democratas do Congresso expressaram o receio de que Whitaker, que é fiel a Trump, prejudique ou até demita o procurador especial Robert Mueller, cuja investigação sobre o papel da Rússia na eleição dos EUA de 2016 vem servindo de arma para ataques constantes contra a agenda de Donald Trump.

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter