Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Democratas pressionam Pence a declarar Trump incapaz

Democratas pressionam Pence a declarar Trump incapaz
COMPARTILHE

Presidente da Câmara pressiona Pence a tirar Trump da Casa Branca com base na 25ª emenda.

Partido Democrata está determinado a iniciar um segundo processo de impeachment contra Donald Trump, presidente dos Estados Unidos, após a invasão do Capitólio.  

Caso seja condenado, Trump se tornaria inelegível.  

No entanto, antes de abrir o processo, o primeiro passo da presidente da Câmara, Nancy Pelosi, será pedir ao vice-presidente Mike Pence para destituir Trump por incapacidade, com base na 25ª emenda à Constituição. 

A 25ª Emenda permite que o vice assuma a liderança do país quando o presidente estiver impossibilitado de continuar suas funções. 

Os democratas veem Trump como “desequilibrado”. 

Neste domingo (10), Pelosi disse que entrará com um pedido, nesta segunda-feira (11), para que Pence ative, em caráter de urgência, a 25ª emenda.  

O vice-presidente recebeu um ultimato de 24 horas de prazo para se posicionar, pois Pelosi descreveu Trump como uma “ameaça iminente” contra a democracia e a Constituição dos EUA. 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
5 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Paulo Arais
Paulo Arais
6 dias atrás

O chamado para usar a 25ª Emenda foi bloqueado no Congresso por parlamentares Republicanos agora a pouco segundo uma atualização do TGP.

Quanto ao pedido de Impeachment em si é algo completamente ilegal uma vez que o Senado só poderia julgar um pedido dessa natureza a partir do dia 21 quando o Trump já não estaria mais na presidência e a lei é bem clara, não existe Impeachment de ex-presidente e o Congresso não pode julgar um cidadão privado.

Quanto a acusação em si ela cai pelo próprio timing dos eventos. Trump ainda estava discursando para o público presente em um local a 2,4 km do Capitólio quando a invasão começou. O público que já estava no Capitólio sequer conseguia ouvir qualquer coisa que estivesse sendo falada nos microfones por conta da distância. Fora que se pegar o discurso na íntegra dá de ver que não há incitação a violência, pelo contrário, Trump pediu que os protestos fossem pacíficos.

Maria
Maria
6 dias atrás

“Acuse-os do que você faz”… Eles elegeram fraudulentamente um sujeito incapaz que não durará 6 meses no cargo.

SeiCOMCERTEZA
SeiCOMCERTEZA
6 dias atrás

triste ver o caminho que os EUA estão trilhando.

Aparecido
Aparecido
6 dias atrás

Esses DEMOcratas estão querendo uma guerra civil, o objetivo é eliminar população que não esteja na coleira deles. Em caso de guerra, com certeza receberão apoio da China.

Neto Silva
Neto Silva
6 dias atrás

Mais “ameaça a Democracia” do que ganhar uma eleição para presidente com base em inúmeras fraudes?
Esse povo nunca teve noção do ridículo e hipocrisia.

PUBLICIDADE