Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Denúncias são ‘infundadas e sem suporte’, diz Geraldo Alckmin

Promotor pede bloqueio de até R$ 5,4 bi de Alckmin e outros 29
COMPARTILHE

Alckmin é acusado pelo recebimento de mais de R$ 10 milhões em doações não contabilizadas.

O ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB) afirmou, nesta quinta-feira (23), que as denúncias do Ministério Público de São Paulo são “infundadas e não encontram suporte nos fatos”. 

Alckmin foi denunciado por falsidade ideológica eleitoral, corrupção passiva e lavagem de dinheiro, como noticiou a RenovaMídia.

De acordo com a denúncia do MP, o ex-governador teria recebido R$ 2 milhões da Odebrecht na campanha ao Palácio dos Bandeirantes em 2010 e R$ 9,3 milhões quando disputou a reeleição, em 2014. 

Por meio da sua defesa, o tucano diz que jamais foi procurado pelas autoridades para se manifestar a respeito dos fatos.

Segundo a rádio Jovem Pan, Alckmin disse ainda que responderá aos termos da denúncia “seguro de que não praticou qualquer ilícito, até porque nunca recebeu valores a título de contribuição de campanha eleitoral que não tenham sido devidamente declarados. Nem, tampouco, praticou qualquer ato de corrupção durante mais de 40 anos de vida pública”.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários