- PUBLICIDADE -

Deputada petista ataca eleitores de Jair Bolsonaro

- PUBLICIDADE -

O Partido dos Trabalhadores (PT) divulgou um texto nesta quarta-feira (1) assinado pela deputada federal Benedita da Silva, do Rio de Janeiro, com diversos ataques ao candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, e aos seus eleitores.

Benedita da Silva governou o Rio de Janeiro e foi ministra de Desenvolvimento Social no primeiro governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

“O candidato do fascismo pretende agora inaugurar uma nova fase, a do racismo oficialmente assumido, o racismo de Estado”, declarou a deputada petista em um trecho da carta.

E acrescentou:

O que sempre se fazia no âmbito das relações privadas ou nas ações policiais costumeiras, mas se negava oficialmente, se pretende que seja assumida publicamente; o racismo sem medo do voto em Bolsonaro. Ele não é candidato para presidente de todos os brasileiros, mas para agir como o ‘capitão do mato’ do povo negro e pobre.

Benedita também aproveitou para atacar os eleitores de Jair Bolsonaro:

Individualmente, Bolsonaro não passaria de mais um boçal racista e misógino se não tivesse sido transformado em porta-voz de uma parte da população brasileira que sempre foi racista, misógina e profundamente reacionária. Ele não é nenhum líder nem muito menos um ‘mito’, mas apenas um instrumento de setores poderosos em cassar Lula, esmagar a democracia e as esquerdas e extinguir qualquer política de igualdade social. É um fascista disposto a transformar o Brasil em neocolônia americana e numa presa indefesa do capitalismo mais selvagem e predador.

 

Adaptado da fonte O Antagonista
PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -