Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Deputado Arthur Lira vira réu no STF por corrupção passiva

Deputado Arthur Lira vira réu no STF por corrupção passiva
Imagem: Reprodução/O Globo
COMPARTILHE

A denúncia foi apresentada pela então procuradora-geral Raquel Dodge e representa um desdobramento da Lava Jato.

O deputado federal Arthur Lira, líder do PP na Câmara, virou réu em ação penal por corrupção passiva. A decisão é da 1ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF).

O Supremo analisou, nesta terça-feira (8), uma denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) que acusa o deputado de receber R$ 106 mil de propina em espécie.

De acordo com a denúncia, Arthur Lira recebeu, em 2012, propina do então presidente da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), Francisco Colombo, que queria angariar apoio político para permanecer no cargo.

A defesa do parlamentar do PP alegou que as investigações não foram capazes de comprovar que ele agiu no sentido de “receber” o dinheiro. 

Os advogados falaram que a denúncia se baseia apenas na palavra um delator conhecido por ser inimigo do deputado, informa o site Congresso em Foco.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários