Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Deputado deixa cargo de vice-líder após xingar Moraes

Deputado deixa cargo de vice-líder após xingar Moraes
Imagem: Luis Macedo/Agência Câmara
COMPARTILHE

“É um tirano. É alguém que passa por cima das leis para o seu bel prazer”, disse deputado sobre Moraes.

O deputado federal Otoni de Paula (PSC-RJ) entregou, na noite desta quarta-feira (8), a função de vice-líder do governo na Câmara dos Deputados.

Nesta segunda-feira (6), em vídeo publicado no YouTube, Otoni xingou o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, repetidas vezes.

Em entrevista à rádio Jovem Pan, Otoni explicou que não tem a intenção de prejudicar o presidente da República, Jair Bolsonaro:

“Entreguei meu cargo, porque não quero que minha fala seja reproduzida como sendo do Planalto. Foi minha opinião pessoal e é exclusivamente de minha responsabilidade.”

O parlamentar disse que foi “movido pela indignação dos justos”:

“Fui movido pela indignação dos justos. Eu fiz o vídeo porque o ministro Alexandre de Moraes manteve um jornalista preso por cinco dias, depois renovou a prisão por mais cinco. Questionado, ele disse que manteve a prisão para proteger as investigações. Depois desse ato ditatorial, ele resolveu impedir o Oswaldo de usar as suas redes sociais. Ele está impedindo um brasileiro de colocar o pão na sua mesa, até porque o trabalho do Oswaldo também é esse.”

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários