Português   English   Español

Deputado Democrata utiliza dinheiro público pra pagar por silêncio de funcionária vítima de assédio sexual

O congressista esquerdista, John Conyers, é descrito por 4 de suas ex-funcionárias como um preador sexual que tenta tirar proveito das mulheres de sua equipe.

Em 2014, uma ex-funcionária apresentou queixas formais contra o deputado alegando ter sido demitida por rejeitar os avanços sexuais dele. Conyers entrou em acordo com a mulher, que recebeu cerca de 28 mil dólares para ficar em silêncio.

Documentos do processo contra o deputado foram enviados ao jornal Buzzfeed pelo jornalista independente Mike Cernovich.

Em sua conta no Twitter, Cernovich afirmou que preferiu dar a reportagem para uma mídia globalista porque sabia que caso ele fosse o autor da matéria, a denúncia não receberia a devida atenção da velha imprensa.

O caso envolvendo o deputado Conyers deixa claro a dificuldade enfrentada por mulheres que resolvem denunciar agressões sexuais na Câmara dos EUA.

A maior parte das vítimas são praticamente obrigadas a silenciarem e aceitarem acordos, ao invés de passar anos em batalhas judiciais contra figuras poderosas do pântano de Washington.

 

Com informações de: (1)
Tarciso Morais

Tarciso Morais

Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Assine nossa newsletter...

Inscreva seu e-mail para receber atualizações diárias com as últimas notícias do Brasil e do mundo.

Fique tranquilo(a), assim como você, odiamos spam :) Você poderá remover seu e-mail a qualquer momento.

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

Veja também...