Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Deputado do DEM protocola CPMI do cyberbullying

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Deputado do DEM protocola CPMI do cyberbullying

Parlamentares assinaram um requerimento para criar uma CPMI destinada a apurar a utilização de perfis falsos nas redes sociais com o objetivo de disseminar ofensas contra autoridades.

O deputado Alexandre Leite (DEM-SP) protocolou, nesta terça-feira (4), a CPMI do cyberbullying.

Foram colhidas 276 assinaturas na Câmara dos Deputados e 48 no Senado Federal. Elas ainda precisam ser conferidas formalmente.

De acordo com o requerimento, obtido pelo blog O Antagonista, o objetivo da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) é investigar “os ataques cibernéticos que atentam contra a democracia e o debate público”.

A CPMI também mira “a utilização de perfis falsos para influenciar os resultados das eleições 2018, a prática de cyberbullying sobre os usuários mais vulneráveis da rede de computadores, bem como sobre agentes públicos, e o aliciamento e orientação de crianças para o cometimento de crimes de ódio e suicídio”.

A comissão deverá seguir a mesma linha do inquérito aberto pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, para apurar ataques aos ministros da Corte.

“Desde a eleição, estamos acompanhando esses grupos usando de fake news para disseminar ódio e desinformação”, afirmou o deputado Leite no dia 13 de maio.

De acordo com Leite, as críticas recentes ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia, e ao Supremo Tribunal Federal (STF) reforçam a necessidade de investigar o que ele classificou de “milícias virtuais”.

A reação da internet brasileira ao requerimento para criação da CPMI foi imediata. Ainda na noite terça, a hashtag #CENSURADOCENTRÃO é um dos assuntos mais comentados do Twitter brasileiro.

Confira aqui os principais comentários circulando pela rede social com a tag.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email