Deputado do PSOL quer salário para detento que trabalha na prisão

O deputado federal Glauber Braga (PSOL-RJ) apresentou projeto de legislação que garante aos detentos que trabalham em presídios, o pagamento de pelo menos um salário mínimo ao mês.

As informações são da coluna de Lauro Jardim no jornal O Globo.

Braga propõe a alteração dos artigos 28 e 29 da Lei de Execução Penal, que dizem que os presos não terão relações de trabalho subordinadas à CLT e que o pagamento mínimo aos detentos não pode ser inferior a 3/4 do salário mínimo.

Para justificar sua proposta, cita o Levantamento Nacional de Informações Penitenciárias, que afirma que até novembro de 2016, 75% dos presos com atividades laborais recebiam menos de 3/4 do salário mínimo ou não tinham nenhuma compensação financeira.

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

1 Comentário

  1. Livingstone Maynardes disse:

    Só uma pergunta a esse cara comunista que quer salário para presidiário que trabalha: você vai pagar do SEU bolso? É quem paga tudo o que consomem? Eles tem que trabalhar sim, pois não é justo que paguemos para esses facínoras ficarem à toa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *