- PUBLICIDADE -

Deputado do PT vai denunciar Filipe Martins por ‘apologia ao nazismo’

Deputado do PT vai denunciar Filipe Martins por ‘apologia ao nazismo’

Gesto do assessor de Bolsonaro gerou controvérsia no meio político.

- PUBLICIDADE -

Filipe Martins, assessor especial para assuntos internacionais da Presidência, está sendo acusado de ter feito um gesto em apologia ao “supremacismo branco”, nesta quarta-feira (24), enquanto Rodrigo Pacheco (DEM), presidente do Senado Federal, discursava.

Em mensagem nas redes sociais, Martins explicou que só estava ajeitando a lapela do terno. Confira o vídeo.

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), líder da oposição, pediu a retirada imediata de Martins das dependências do Senado e que ele fosse autuado pela Polícia Legislativa.

Horas mais tarde, o deputado federal Alencar Santana Braga (PT-SP) anunciou que iria denunciar o assessor internacional do presidente Jair Bolsonaro, por “apologia ao nazismo”.

“Assessor de Bolsonaro fez no Senado um gesto que é apontado pela Liga Antidifamação como símbolo do ‘White Power’, ideologia afim ao nazismo”, escreveu Alencar no Twitter.

Na mesma rede social, Martins mandou um “aviso aos palhaços que desejam emplacar a tese de que eu, um judeu, sou simpático ao ‘supremacismo branco’”.

“Em suas mentes doentias enxergaram um gesto autoritário numa imagem que me mostra ajeitando a lapela do meu terno: serão processados e responsabilizados; um a um”, escreveu o assessor.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -