PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Deputado entrevista hacker preso pela PF

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Hacker é suspeito de ter realizado o maior vazamento de dados do Brasil

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

O deputado Filipe Barros (PSL-RS), relator da PEC do voto impresso auditável, divulgou, na noite desta sexta-feira (16), um vídeo de um hacker que “afirma que foi fácil invadir o sistema do TSE” (Tribunal Superior Eleitoral).

Trata-se de Marcos Roberto Correia da Silva, o hacker conhecido como “Vandathegod“, preso durante a operação “Deepwater“.

Apesar de o deputado ter rotulado o conteúdo como um “vídeo bombástico“, a história do hacker já foi bem divulgada pelo noticiário.

De acordo com a Polícia Federal (PF), ele é apontado como o responsável pelo maior vazamento de dados do Brasil.

Marcos também já foi alvo de outras operações e invasões. Em 2020, Marcos foi alvo de um mandado de busca e apreensão na operação “Exploit“, que prendeu em novembro o hacker suspeito de invadir sistemas do TSE.

No vídeo divulgado nas redes sociais, a equipe do deputado aparece entrevistando o hacker em um presídio localizado na cidade de Uberlândia, no interior de Minas Gerais.

Ao comentar sobre a participação na ação contra o Tribunal, o hacker diz que invadiu o site do TSE e teve acesso aos dados dos eleitores.

Ao longo da conversa com a equipe do deputado, o hacker não apresenta nenhuma evidência de que é capaz de violar as urnas eletrônicas — apenas informações genéricas, que já vêm sendo apresentadas por críticos do sistema aos longos dos anos.

Em um trecho da entrevista, o entrevistador questiona:

“Você conseguiria, com os recursos necessários, o tempo necessário, invadir o sistema eleitoral? Inclusive em relação a alteração de voto, a questão da apuração.”

O hacker responde de forma vaga:

“Quando eles vão contar o voto, ela já é sim ligada na internet, e se ele estiver em algum lugar, e alguém estiver nesta rede, ela consegue fazer a invasão, e aí consegue manipular a ação.”

“, responde o entrevistador, que continua questionando o hacker, mas desta vez sobre outra pauta.

Ao longo de toda entrevista, as respostas do hacker continuam sendo bem vagas, sem apresentar informações inéditas ou alguma confirmação de que conseguiria violar o sistema eleitoral do país.

Vocês pode conferir a íntegra da entrevista do deputado com o hacker Vandathegod logo abaixo. Mas, pessoalmente, recomendo deixar para amanhã. Descansem. Aproveitem o finalzinho desta sexta-feira…

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.