- PUBLICIDADE -

Deputado lê versão fictícia da ligação entre Trump e Zelensky

Deputado lê versão fictícia da ligação entre Trump e Zelensky

- PUBLICIDADE -

Ao finalizar a leitura da conversa fictícia, o congressista democrata declarou: “Isto é, em suma, o que o presidente estava tentando dizer”.

O presidente do Comitê de Inteligência da Câmara, o democrata Adam Schiff (D-CA), leu uma conversa fictícia entre o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o seu homólogo da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, durante a declaração de abertura de uma audiência do comitê na manhã desta quinta-feira (26).

A Casa Branca divulgou a íntegra da transcrição do telefonema entre Trump e Zelensky na quarta-feira (25), mas Schiff decidiu fabricar a sua própria versão da conversa e ler para todos durante a sessão na Câmara.

“Essa é a essência do que o presidente comunica”, começou Schiff, antes de ler o fantasioso diálogo criado com o objetivo de construir a narrativa de que o chefe da Casa Branca tentou interferir nas eleições de 2020, o que poderia resultado no impeachment de Trump.

Ao finalizar a leitura da conversa fabricada, o congressista democrata declarou: “Isto é, em suma, o que o presidente estava tentando dizer”.

Parlamentares republicanos criticaram duramente Schiff por criar uma nova conversa, ao invés de utilizar trechos da transcrição do que foi realmente dito entre Trump e Zelensky.

O deputado Mike Turner (R-OH) chamou a afirmação de “ficção”. O deputado Brad Wenstrup (R-OH) acusou Schiff de agir internacionalmente de uma maneira manipuladora, informa o site Breitbart.

Ainda durante a sessão, Schiff foi criticado por outros congressistas. O deputado admitiu que a sua transcrição do telefonema estava “errada”, mas que tudo se tratou de uma “paródia”. Confira o vídeo:

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -