- PUBLICIDADE -

Deputado Luis Miranda tem passaporte apreendido pela Justiça

Deputado Luis Miranda tem passaporte apreendido pela Justiça
- PUBLICIDADE -

Miranda responde por um processo iniciado em 2011, oito anos antes de tomar posse como deputado.

O deputado federal Luis Miranda (DEM-DF) teve seu passaporte apreendido pela Justiça do Distrito Federal.

A decisão, que foi anunciada nesta terça-feira (20), é consequência de um processo movido contra o parlamentar e iniciado em 2011. O documento deve ser entregue em até 48h.

A acusação ocorreu oito anos antes de Miranda se tornar deputado. Na época, ele era sócio de uma clínica de estética em Brasília e foi processado por uma paciente que teve queimaduras no corpo, após sessão de depilação a laser.

Miranda foi condenado por danos morais, materiais e estéticos. Apesar de ter recorrido, a decisão final saiu no ano de 2013.

Como o pagamento ainda não foi feito, a dívida do parlamentar com a Justiça chega a R$ 90 mil. O recolhimento do documento seria uma forma de obrigar o parlamentar a pagar a indenização, informa o site Metrópoles.

Em nota, o parlamentar disse que a decisão foi um “absurdo, açodada e descabida”. Ele ainda afirmou que foi uma forma de coibi-lo por discordar do projeto contra o abuso de autoridade.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -