Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Deputado propõe exame toxicológico para novos universitários

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Deputado propõe exame toxicológico para novos universitários
COMPARTILHE

A regra valeria para instituições públicas. Deputado alega que quem tem dinheiro para comprar os entorpecentes pode pagar uma faculdade particular.

Um projeto de lei apresentado pelo deputado federal Diego Andrade (PSD-MG) pretende impor a exigência de um exame toxicológico que comprove que o futuro aluno de universidade pública não usou qualquer tipo de droga nos três meses anteriores à matrícula.

A proposta vale para todos que se candidatem a participação em cursos e programas de instituições superiores.

O exame toxicológico terá de ser repetido sempre que o candidato se matricular em uma nova disciplina, caso já tenham se passado seis meses do último teste.

“Se o resultado for positivo para drogas recreacionais, sem indicação médica, a realização da matrícula será negada pela instituição”, diz o texto do Projeto de Lei, segundo o jornal Estado de Minas.

Segundo o deputado Diego Andrade, o objetivo é acabar com a “farra” das drogas.

“Hoje tem muitas pessoas envolvidas com drogas. No Brasil isso é ilícito mas o que a gente vê nas manifestações são pessoas tirando a roupa, a gente vê que não estão em sã consciência”, completou o parlamentar.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram