Deputados aprovam legalização do aborto na Argentina

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

A proposta permite a interrupção voluntária da gravidez até a 14ª semana.

A Câmara dos Deputados da Argentina aprovou, nesta sexta-feira (11), um projeto de lei que legaliza o aborto até a 14ª semana de gestação. 

A proposta foi enviada ao Congresso pelo presidente esquerdista Alberto Fernández

Após quase 20 horas de debate, o projeto passou na Câmara com um placar de 131 117, além de 6 abstenções. 

O texto segue agora para o Senado. 

Em 2018, na legislatura anterior, os senadores rechaçaram um projeto semelhante aprovado pelos deputados. 

Atualmente, o aborto voluntário é considerado crime na Argentina, com exceção de gravidezes decorrentes de estupro ou em caso de risco para a mãe. 

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.