Deputados evangélicos elogiam medidas de Jair Bolsonaro

Português   English   Español
Deputados evangélicos elogiam medidas de Jair Bolsonaro
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

No primeiro dia de governo, o presidente Jair Bolsonaro não incluiu o termo LGBT na medida provisória que fixou as diretrizes do Ministério dos Direitos Humanos, mas garantiu que nenhum indivíduo perderá seus direitos.

Nesta quinta-feira (3), através do seu perfil oficial no Twitter, Jair Bolsonaro disse que pretende livrar da “escravidão política” muitos brasileiros que “foram usados como massa de manobra”, mas não citou nenhum grupo específico.

As primeiras decisões de Bolsonaro têm apoio de parlamentares da ala evangélica da Câmara dos Deputados.

Segundo o “UOL“, membro da Assembleia de Deus, o deputado federal Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ) afirmou:

LGBT é um movimento político ideológico de esquerda. Entendo que o presidente acertou na medida provisória ao excluir o termo. Ele falou que não faria política com viés ideológico. Estranho se tivesse posição diferente.

O Pastor Eurico (Patriota-PE) foi contundente ao classificar as lideranças dos movimentos LGBT:

Pessoas por trás são pessoas esquerdomaníacos, esquerdopatas. Defendo a posição [do presidente].

Lincoln Portela (PR-MG) fez coro e vinculou os defensores da causa a partidos de oposição ao presidente:

O ativismo LGBT apoiava governos de esquerda. Isto é notório.

SIGA A RENOVA

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

Veja também...