- PUBLICIDADE -

Deputados opositores fogem para embaixadas na Venezuela

Deputados opositores fogem para embaixadas na Venezuela
- PUBLICIDADE -

Na terça-feira, a Assembleia Constituinte da Venezuela suspendeu a imunidade dos políticos que participaram da insurreição contra Maduro.

Três deputados opositores, acusados de rebelião pelo regime chavista, buscaram refúgio em embaixadas estrangeiras na Venezuela um dia depois de terem a imunidade parlamentar cassada pela Assembleia Constituinte, controlada pelo ditador Nicolás Maduro.

Na quarta-feira (8), Edgar Zambrano, vice-presidente da Assembleia Nacional (AN), de maioria opositora, foi preso pelo serviço de inteligência da Venezuela.

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, condenou “com veemência a prisão ilegal e arbitrária do vice-presidente da Assembléia Nacional da Venezuela”, informa a RENOVA.

Zambrano era um dos principais parlamentares da oposição e braço direito de Juan Guaidó, presidente interino do País.

Zambrano é um dos dez deputados contra os quais o Tribunal Supremo de Justiça (TSJ), controlado pelo chavismo, ordenou um julgamento por “traição à pátria e conspiração”, por envolvimento na na revolta de um grupo de militares no dia 30 de abril, sob a liderança de Guaidó. Na terça-feira, a Assembleia Constituinte suspendeu a imunidade dos políticos, informa o Estadão.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -