Derrota histórica do Partido dos Trabalhadores no Acre

Português   English   Español
Derrota histórica do Partido dos Trabalhadores no Acre
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

A vitória de Gladson Cameli (PP) sobre Marcus Alexandre (PT) já no primeiro turno das eleições no Acre consumou o fim da hegemonia petista no estado da região Norte.

Os governadores petistas no período foram Jorge Viana (1999-2007), Binho Marques (2007-2011) e Tião Viana (2011-2019).

Além de perder a chefia do governo, o PT também não conseguiu nenhuma das duas vagas ao Senado em disputa. Sérgio Petecão (PSD) foi reeleito, e Márcio Bittar (MDB) ficou com a outra vaga.

O petista Jorge Viana não conseguiu voltar ao Congresso, de acordo com informações da UOL.

Em seus últimos mandatos, Tião e Jorge Viana se tornaram alvos de investigações da Operação Lava Jato e tiveram seus nomes envolvidos em escândalos de corrupção. Os inquéritos, contudo, foram arquivados.

Os moradores do Acre também não elegeram nenhum deputado federal do PT. Por exemplo, nomes conhecidos como os deputados Leo de Brito e Sibá Machado, foram derrotados nas urnas, segundo informações de O Antagonista.

SIGA A RENOVA

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

Veja também...