Desempregado, ex-jogador do Santos cai em golpe milionário

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Madson fez mais de 30 depósitos para essa organização criminosa.

O jogador de futebol Madson é uma das mais de 1,5 mil vítimas de um golpe financeiro que movimentou mais de R$ 150 milhões.

Com passagens por Vasco e Santos, Madson está sem clube há mais de 1 ano.

Desempregado, o atleta enxergou em uma proposta de uma suposta empresa de Day Trade uma oportunidade de ter ganhos financeiros a partir de investimentos de curto prazo na Bolsa de Valores do Brasil.

Semanas atrás, Madson viu o golpe ser desarticulado pelo Ministério Público de Minas Gerais, que nas investigações descobriu que o golpe lesou pessoas em 12 estados do País.

Apesar de não revelar os valores investidos, Madson diz que usou por três meses uma falsa plataforma de Day Trade pelo celular.

O advogado de Madson explicou como o golpe foi aplicado:

“Mostravam uma tela, que é como se fosse um simulador, mas na cabeça do Madson era real. Faziam movimentos e ganhavam 10% de lucro. Ele [Madson] viu que isso deu certo e passou a fazer depósitos para esses ativos serem comprados e vendidos. No começo parece um ótimo negócio, então os golpistas ganham sua confiança e ficam puxando para você investir mais e mais. Quando o Madson percebeu já tinha feito mais de 30 depósitos para essa organização criminosa.”

E acrescentou:

“Esse tipo de golpe envolvendo investimento ou pirâmides financeiras já lesou 11 milhões de pessoas no Brasil, não é tão incomum. Esse do Madson só é mais sofisticado, específico. Na pandemia muitas pessoas fizeram como ele e há alguns casos terríveis, que me fizeram praticamente psicólogo. Tem casos de suicídio, depressão, problemas de família e dificuldades financeiras a ponto de o cara colocar todo o dinheiro numa operação e passar fome. É bem nefasto.”

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.