Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

Desfile de adolescentes aptos para adoção gera revolta na internet

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Desfile de adolescentes aptos para adoção gera revolta na internet

Apesar da organização ter afirmado que o evento “Adoção na Passarela” teve o objetivo de ajudar os jovens que buscam um lar, inúmeros internautas criticaram a ação.

Um desfile que reuniu crianças e adolescentes aptos para adoção em Cuiabá, no Mato Grosso, na noite de terça-feira (21), foi alvo de duras críticas nas redes sociais.

A ação, chamada de “Adoção na Passarela“, foi organizada pela Associação Mato-grossense de Pesquisa e Apoio à Adoção (Ampara), em parceria com a Comissão de Infância e Juventude (CIJ) da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT) e outras entidades do Estado.

Conforme a organização do evento, 18 adolescentes acima de 12 anos desfilaram em uma passarela criada em um shopping de Cuiabá. Centenas de pessoas – muitas delas interessadas em adoção – acompanharam da plateia, informa a BBC Brasil.

Lojas de roupas e calçados auxiliaram no evento, por meio de doação de itens para que os adolescentes pudessem desfilar.

Nas redes sociais, o evento foi duramente criticado. O advogado mato-grossense Eduardo Mahon, por exemplo, declarou:

“As crianças na passarela, para pretendentes ver o quão bonitas, simpáticas e desenvoltas são, parece-me uma antiga feira de escravo, onde os senhores viam os dentes e o corpo dos africanos para negociar o lance. Não acho legal, aliás, acho péssimo.”

Na tarde desta quarta, a Defensoria Pública de Mato Grosso emitiu um comunicado repudiando o evento:

“Corre-se o risco de que a maioria dessas crianças e adolescentes não seja adotada, o que pode gerar sérios sentimentos de frustração, prejuízos à autoestima e indeléveis impactos psicológicos.”

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email