Português   English   Español
Português   English   Español

Desfile de adolescentes aptos para adoção gera revolta na internet

Desfile de adolescentes aptos para adoção gera revolta na internet
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Apesar da organização ter afirmado que o evento “Adoção na Passarela” teve o objetivo de ajudar os jovens que buscam um lar, inúmeros internautas criticaram a ação.

Um desfile que reuniu crianças e adolescentes aptos para adoção em Cuiabá, no Mato Grosso, na noite de terça-feira (21), foi alvo de duras críticas nas redes sociais.

A ação, chamada de “Adoção na Passarela“, foi organizada pela Associação Mato-grossense de Pesquisa e Apoio à Adoção (Ampara), em parceria com a Comissão de Infância e Juventude (CIJ) da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT) e outras entidades do Estado.

Conforme a organização do evento, 18 adolescentes acima de 12 anos desfilaram em uma passarela criada em um shopping de Cuiabá. Centenas de pessoas – muitas delas interessadas em adoção – acompanharam da plateia, informa a BBC Brasil.

Lojas de roupas e calçados auxiliaram no evento, por meio de doação de itens para que os adolescentes pudessem desfilar.

Nas redes sociais, o evento foi duramente criticado. O advogado mato-grossense Eduardo Mahon, por exemplo, declarou:

“As crianças na passarela, para pretendentes ver o quão bonitas, simpáticas e desenvoltas são, parece-me uma antiga feira de escravo, onde os senhores viam os dentes e o corpo dos africanos para negociar o lance. Não acho legal, aliás, acho péssimo.”

Na tarde desta quarta, a Defensoria Pública de Mato Grosso emitiu um comunicado repudiando o evento:

“Corre-se o risco de que a maioria dessas crianças e adolescentes não seja adotada, o que pode gerar sérios sentimentos de frustração, prejuízos à autoestima e indeléveis impactos psicológicos.”

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Share on reddit
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...