Desmatamento na Amazônia é o maior desde 2008

Idiomas:

Português   English   Español
Desmatamento na Amazônia é o maior desde 2008
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

O desmatamento na Amazônia voltou a crescer entre 2017 e 2018, e atingiu o maior patamar da última década, com 7,9 mil km² de floresta derrubados.


O número representa um crescimento de 13,7% em relação ao período anterior (2016-2017).

Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (23) pelo Ministério do Meio Ambiente e pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.

As informações são relativas ao Prodes (Projeto de Monitoramento do Desmatamento na Amazônia Legal por Satélite), sob responsabilidade do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais).

Siga a RENOVA no TWITTER e acompanhe todas as notícias em tempo real.

Desde 2013, os dados de desmatamento Prodes vem apresentando uma tendência de crescimento.

O pico de destruição nesse período ocorreu em 2016, com 7,8 mil km², o que representou um aumento de 29% em relação ao ano anterior.

O recorde de derrubadas pertence a 1995, com 29,1 mil km² destruídos.

Historicamente, os estados que puxam o desmatamento são Pará —que tem apresentado tendência de alta– e Mato Grosso –com níveis estáveis nos últimos anos—, seguidos de Rondônia e Amazônia.

 

Adaptado da fonte Folha

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...