Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Desmatamento não tem relação com atos de Salles, diz AGU

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Ricardo Salles rebate críticas da ditadura Maduro
COMPARTILHE

Governo rebate pedido de afastamento de Salles ao dizer que alta no desmatamento não tem relação com atos do ministro.

A Advocacia-Geral da União (AGU) afirmou que “não é possível se concluir” que o aumento no desmatamento no Brasil tenha relação com atos do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles.

Salles é alvo de uma ação movida pelo Ministério Público Federal (MPF) que pede o afastamento imediato de Salles do cargo.

Em documento à Justiça Federal de Brasília, a AGU disse que não há como configurar improbidade administrativa de Salles diante de uma “desestruturação dolosa das estruturas de proteção ao meio ambiente”.

O texto foi assinado pelo advogado-geral da União, José Levi.

“Não é possível se concluir que os resultados do desmatamento no Brasil são em decorrência de atos do atual ministro do Meio Ambiente”, diz a manifestação de Levi, segundo o portal G1

Ainda na manifestação, a AGU nega a tese de desmonte no setor ambiental, e diz que o aumento do desmatamento ilegal é verificado desde 2012, ou seja, sete anos antes de Salles assumir o cargo, em 2019.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram