- PUBLICIDADE -

Destituição da Suprema Corte de El Salvador é ‘irreversível’

Presidente de El Salvador critica falta de liderança da ONU
Imagem: Rodrigo Sura / EFE
- PUBLICIDADE -

“As mudanças que estamos fazendo são irreversíveis”, diz presidente.

O presidente Nayib Bukele, de El Salvador, afirmou, nesta quarta-feira (12), que as demissões de juízes da Suprema Corte e do procurador-geral são “irreversíveis”.

Em mensagem no Twitter, Bukele foi enfático:

“Pelas vozes que ainda nos pedem para voltar ao passado. Com muito respeito e carinho: as mudanças que estamos fazendo são irreversíveis.”

Dessa forma, o líder salvadorenho rejeita o apelo de reintegração aos cargos feito por Ricardo Zúniga, enviado especial dos Estados Unidos.

Em entrevista à emissora local, Zúniga declarou:

“Para nós, tanto do Congresso quanto do Executivo, pensamos que o certo, o melhor, seria voltar a uma situação consoante com a Constituição.” 

Assim que foi instalada, em 1º de maio, a Assembleia Legislativa de El Salvador destituiu os magistrados da Câmara Constitucional do Supremo Tribunal Federal e o procurador-geral, Raúl Melara.

Os movimentos políticos em El Salvador provocaram a condenação internacional e da oposição que denunciaram um ataque contra a separação de poderes.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -