Dezenas de policiais do Mianmar fogem para Índia

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Pelo menos 70 manifestantes já morreram em Mianmar na repressão aos protestos contra o golpe militar.

Membros das forças de segurança do Mianmar e suas famílias estão fugindo para a Índia.

O relato foi confirmado, na última sexta-feira (12), por fontes das forças de segurança indianas. 

Uma delas disse à agência France Presse que as autoridades birmanesas estão “agredindo e torturando” manifestantes.

A junta militar Mianmar está reprimindo cada vez mais violentamente os protestos diários contra o golpe de Estado de 1.º de fevereiro. 

Pelo menos 70 manifestantes morreram desde então na repressão aos protestos. 

Desde o golpe, um fluxo cada vez maior de pessoas, incluindo muitos policiais que se negam a participar da repressão, tem atravessado a fronteira em direção ao Estado indiano de Mizoram.

Até ontem, 264 pessoas entraram no país vizinho, incluindo 198 policiais e seus parentes, de acordo com números divulgados pelas fontes indianas.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.