Diálogo para controlar a crise na Nicarágua continua fracassando

O diálogo para pacificar a Nicarágua após 180 mortos na repressão aos protestos contra Daniel Ortega fracassou mais uma vez nesta segunda-feira (18).

Lideranças da oposição abandonaram as mesas de negociação após acusar o governo de ignorar o acordo para convidar organismos internacionais para as investigações sobre à repressão violenta aos protestos.

O diálogo aconteceu no seminário de Nossa Senhora de Fátima, em Manágua, e foi marcado pela morte de seis membros de uma família em um ataque atribuído a paramilitares ligados ao governo do presidente esquerdista Daniel Ortega.

Nesta terça-feira (19) “nos reincorporaremos ao plenário do diálogo nacional e exigiremos o cumprimento do que foi acertado como condição indispensável para se prosseguir”, declarou a oposição em um comunicado.

 

Com informações de BOL
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia