- PUBLICIDADE -

Dias Toffoli prorroga “inquérito da censura” por 90 dias

Dias Toffoli prorroga inquérito da censura por 90 dias

- PUBLICIDADE -

O inquérito foi aberto por Toffoli para apurar ameaças e a suposta disseminação de fake news contra a instituição e seus integrantes.

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, decidiu prorrogar por 90 dias as investigações do “inquérito da censura”.

Na prática, a decisão de Toffoli contraria a posição da Procuradora-Geral da República (PGR), Raquel Dodge, e mantém a investigação em andamento por pelo menos mais três meses.

Nesta terça-feira (16), Dodge informou que a investigação deve ser arquivada. Segundo ela, houve desrespeito ao devido processo legal.

A manifestação da PGR foi encaminhada ao relator do inquérito, Alexandre de Moraes, que rejeitou o pedido de Dodge de arquivar a apuração. O ministro classificou o pedido como “genérico”.

Segundo o jornalista Fausto Macedo, Toffoli também ignorou o posicionamento da PGR e prorrogou o inquérito da censura por mais 90 dias.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -