Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Dilma não gostou de Bolsonaro lembrando seu passado guerrilheiro

Dilma não gostou de Bolsonaro lembrando seu passado guerrilheiro
COMPARTILHE

“Será cobrado por suas mentiras, calúnias e difamações”, disse Dilma sobre Bolsonaro.

A presidente afastada Dilma Roussef (PT) disse que o presidente da República, Jair Bolsonaro, vai responder na Justiça a supostas calúnias.

Em nota divulgada na noite desta quinta-feira (16), Dilma afirmou:

“O senhor Bolsonaro responderá no juízo criminal e cível por mais essa leviandade contra mim. Ele não poderá se escudar no cargo de Presidente da República e irá ser cobrado por suas mentiras, calúnias e difamações.”

Ontem, ao receber o prêmio de “Personalidade do Ano”, em Dallas, nos Estados Unidos, o presidente Bolsonaro sugeriu que a petista teria participado de ações armadas durante a ditadura militar:

“No Brasil, a política até há pouco era de antagonismo a países como Estados Unidos. Os senhores eram tratados como se fossem inimigos nossos. Agora, quem até há pouco ocupava o governo, teve em sua história suas mãos manchadas de sangue na luta armada, matando inclusive um capitão, como eu sou capitão, naqueles anos tristes que tivemos no passado.”

Dilma foi condenada e presa por integrar o grupo guerrilheiro VAR-Palmares durante o período do regime militar no Brasil.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários