Dinamarca abandona uso da vacina de Oxford

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

“Nossa avaliação geral mostra que existe um risco real de efeitos colaterais graves”, diz governo dinarmaquês.

O diretor-geral da Autoridade de Saúde da Dinamarca alertou para “risco real de efeitos colaterais graves” associados à utilização do imunizante desenvolvido pela AstraZeneca e a Universidade de Oxford contra a Covid-19.

Em um comunicado, publicado nesta quarta-feira (14), Soren Brostrom advertiu: 

“Com base nas descobertas científicas, nossa avaliação geral mostra que existe um risco real de efeitos colaterais graves associados ao uso da vacina contra a covid-19 da AstraZeneca. Portanto, decidimos removê-la do nosso programa de vacinação.”

Dessa forma, a Dinamarca torna-se o 1º país europeu a abandonar a vacina. 

No último mês, no dia 11 de março, o país foi um dos primeiros em toda a Europa a suspender o uso do imunizante por causa dos relatos de casos raros de trombose do seio venoso em pessoas vacinadas.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.