Dinamarca quer proibir burca e nicabe em locais públicos

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

O governo liberal-conservador da Dinamarca apresentou nesta terça-feira (06/02) uma proposta de lei para proibir o uso em locais públicos de peças que cubram o rosto, incluindo a burca e o nicabe.

Segundo um comunicado do Ministério de Justiça da Dinamarca:

Serão a polícia e os tribunais os que deverão avaliar se a exibição de uma peça infringe a lei. A burca, o nicabe e os gorros para a cabeça toda, onde só se veem olhos e a boca, são exemplos de peças que cobrem o rosto.

A lei castigará com multas de 1.000 coroas dinamarquesas (134 euros) a primeira infração e fixa depois um máximo de 10.000 coroas (1.343 euros), mas descarta penas de prisão, como tinha se especulado inicialmente.

Ficam isentos da proibição peças como roupa de inverno, fantasias e máscaras de carnaval ou quando seja necessário tapar o rosto por motivos trabalhistas.

O ministro de Justiça, o conservador Søren Pape Poulsen, declarou:

Não é compatível com os valores da sociedade dinamarquesa nem com o respeito aos outros ocultar o rosto quando se está em um espaço público. Devemos defender o respeito pelos valores que nos unem.

A proibição pretende “traçar uma linha” e deixar claro que “na Dinamarca mostramos confiança e respeito vendo-nos lado a lado“, acrescentou Poulsen.

 

Com informações de: [BOL]

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.