Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Dinamarca pode abrir caminho para vacinação obrigatória

Dinamarca pode abrir caminho para vacinação obrigatória
COMPARTILHE

A vacina contra coronavírus está gerando ideias autoritárias em políticos mundo agora.

Caso uma política de vacinação obrigatória fosse aplicada no Brasil, como seria?  

Essa discussão está acontecendo, agora, na Dinamarca. O país europeu procura substituir suas leis de emergência por uma nova “lei de epidemia”.  

A legislação proposta — que se tornaria uma medida permanente, em vez de temporária — poderia obrigar certas pessoas a receber a vacina e permitir que a polícia usasse a força se necessário para administrá-la. 

Os elementos mais controversos da legislação pró-vacina na Dinamarca incluem:  

  • forçar as pessoas a serem “examinadas clinicamente, hospitalizadas, tratadas e colocadas em isolamento”;  
  • conceder à Autoridade de Saúde dinamarquesa o poder de “definir grupos de pessoas que devem ser vacinadas para conter e eliminar uma doença perigosa”; 
  • coagir as pessoas que se recusam a receber a vacina em certas circunstâncias “por meio de detenção física, com a polícia autorizada a ajudar”. 

As informações mais detalhadas sobre a proposta de legislação foram divulgadas pelo jornal The Local Denmark

Como esperado, a legislação enfrentou grande resistência. Protestos foram registrados nos últimos dias em vários locais do país da Europa. Grupos empresariais também argumentam que a legislação vai longe demais.  

O debate que está sendo realizado na Dinamarca é um lembrete para outros países de que alguns políticos parecem estar determinados a ignorar as liberdades individuais dos cidadãos utilizando a pandemia de coronavírus como justificativa. 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE