- PUBLICIDADE -

Dinamarca tenta fazer com que imigrantes assimilem a cultura do país

- PUBLICIDADE -

O governo da Dinamarca vai introduzir leis para regulamentar a assimilação cultural dos imigrantes, intituladas “o pacote do gueto”.

A Dinamarca está aprovando um pacote de leis e medidas governamentais referentes à regulação das 25 áreas muçulmanas localizadas no país.

O governo dinamarquês está disposto a obrigar as famílias de imigrantes a assimilar a cultura da Dinamarca, caso eles não o façam voluntariamente.

As 22 propostas foram apresentadas ao parlamento com o nome de “pacote do gueto” em março de 2018 e aprovadas pela maioria do órgão. Mais medidas do mesmo tipo serão votadas nos próximos meses.

As medidas “restritivas” serão impostas às áreas de concentração de imigrantes, que apresentam um elevado nível populacional com taxas de desemprego altas e violência de gangues.

Estes locais são chamados pelo próprio governo dinamarquês de “guetos”: uma definição usada pelo Ministério dos Transportes e Habitação e pelo primeiro-ministro, Lars Løkke Rasmussen.

O governo quer que os filhos de imigrantes sejam separados dos pais durante 25 horas semanais, durante as quais elas receberiam uma educação obrigatória sobre “os valores da Dinamarca”, que abrange as tradições do Natal e da Páscoa, e sobre a língua dinamarquesa.

A presença é mandatória e o não comparecimento implica o cancelamento de ajudas financeiras provenientes do governo.

 

Com informações de Sábado
PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -