Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

‘Diplomacia das máscaras’ da China recebe críticas internacionais

Tarciso Morais

Tarciso Morais

‘Diplomacia de máscaras’ da China recebe críticas internacionais
COMPARTILHE

Membro do alto escalão da UE desconfia da “política de generosidade” da China. 

O regime comunista da China segue tentando alterar seu status de origem da pandemia do novo coronavírus para o de fornecedor global de equipamentos para combate ao Covid-19.

A Europa se tornou o principal cenário do campo de batalha da propaganda chinesa.

Em uma publicação recente, o diplomata-chefe da União Europeia, Josep Borrell, disse que a “política de generosidade” de Pequim ocultava um “componente geopolítico, incluindo uma luta por influência”.

Borrell acrescentou que a China “está empurrando agressivamente a mensagem de que, diferentemente dos EUA, é um parceiro responsável e confiável”. 

“Munido de fatos, precisamos defender a Europa contra seus detratores”, completou ele.

Enquanto isso, nas reportagens da mídia estatal chinesa, as compras de suprimentos por países estrangeiros e o envio doações para nações afetadas pela Covid-19 são glorificadas.

O governo da Espanha teve que devolver 50 mil kits de testes rápidos para Pequim depois de descobrir que eles não estavam funcionando corretamente.

No fim do mês de março, a Holanda ordenou a retirada de circulação de cerca de 600 mil máscaras de proteção compradas da China, como noticiou a RENOVA.

Em uma tentativa de mitigar as críticas internacionais, o Ministério do Comércio da China disse que, a partir de agora, os exportadores de máscaras médicas, termômetros, roupas de proteção, kits de teste e ventiladores devem ser certificados na China e estar em conformidade com os padrões do país importador, destaca a revista TIME.

- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.