- PUBLICIDADE -

Diplomata militar venezuelano rejeita Maduro como chefe de Estado

Diplomata militar venezuelano rejeita Maduro como chefe de Estado
- PUBLICIDADE -

O adido da Defesa da Venezuela nos Estados Unidos, coronel José Luis Silva, pediu aos “irmãos militares” que apoiem o líder do Parlamento, Juan Guaidó, como presidente interino.

O militar disse desconhecer Nicolás Maduro como presidente legítimo da Venezuela.

Em declaração à “AFP“, o coronel José Luis Silva afirmou:

“Este adido de Defesa não reconhece o presidente Nicolás Maduro por considerá-lo um usurpador e reconhece Juan Guaidó como presidente interino legítimo.”

E acrescentou:

“Esta posição é conforme a Constituição e as leis da Venezuela e faço um apelo aos meus irmãos militares que se somem ao apoio a Guaidó.”

Juan Guaidó, presidente da Assembleia Nacional de maioria opositora, se comprometeu na quarta-feira passada diante de uma multidão de manifestante em Caracas a seguir o mandato da Constituição e a liderar um governo de transição que organize novas eleições, para retirar do poder Maduro, cujo segundo mandato iniciado em 10 de janeiro ele considera “ilegítimo”.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -