Dirceu diz que militantes de esquerda devem aprender ‘espionagem’

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Durante evento na CUT, Dirceu propôs a criação de uma “rede de inteligência” de esquerda.

O ex-presidiário José Dirceu (PT) defendeu a criação de uma “Rede Nacional de Inteligência Cidadã” para monitoramento de informações e contraespionagem.

A organização seria formada por militantes de partidos de esquerda, integrantes de movimentos sociais e qualquer um que se identifica com as causas socialistas e comunistas.

A rede serviria para contrapor os órgãos equivalentes das forças armadas e das polícias, além de fazer frente às ações dos direitistas nas redes sociais.

Segundo a revista Crusoé, Dirceu mencionou o plano durante uma palestra de quase uma hora de duração no auditório da Central Única dos Trabalhadores (CUT), em Brasília, na noite desta quinta-feira (5).

A plateia era composta, entre outros, por sindicalistas, estudantes e diplomatas de Cuba, da Bolívia, da Nicarágua e da Venezuela.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.