Dirceu e Cunha compartilham cela em presídio da Lava Jato

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

O Departamento Penitenciário do Paraná afirma que a transferência dos presos foi feita por “questões de segurança”.

O Complexo-Médico Penal, na região metropolitana de Curitiba, no Paraná, registra um encontro interessante entre corruptos brasileiros.

Todos os 38 detentos da Operação Lava Jato e de outros crimes ligados à corrupção que estão no presídio foram transferidos da Galeria 6 para uma ala do hospital penitenciário do complexo.

Agora, segundo a Folha, eles não dormem mais em dois presos por cela. Os detentos dividem o novo espaço com outras seis pessoas.

O ex-ministro José Dirceu (PT), por exemplo, está dividindo a cela com o ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (MDB).

Os dois presidiários dividem o espaço com o ex-tesoureiro do PT, João Vaccari, o ex-senador Gim Argello e outros três presos.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.