- PUBLICIDADE -

Dirceu transferido para prisão da Lava Jato

Dirceu transferido para prisão da Lava Jato
- PUBLICIDADE -

Dirceu se apresentou à PF na noite de sexta-feira, cinco horas e meia depois do prazo determinado pelo juiz.

O ex-ministro José Dirceu, condenado a 8 anos e 10 meses de reclusão por corrupção e lavagem de dinheiro, foi transferido no sábado (18) pela Polícia Federal para o Complexo Médico-Penal de Pinhais, localizado nos arredores de Curitiba.

Estão presos ou já passaram por Pinhais figuras-chave da Lava Jato, como o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (MDB-RJ), o ex-tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, e o ex-diretor de Serviços da Petrobras, Renato Duque, informa o jornalista Fausto Macedo.

A Lava Jato sustenta que Zé Dirceu pegou propinas em contrato superfaturado da Petrobras com a empresa Apolo Tubulars, fornecedora de tubos para a estatal, entre 2009 e 2012, quando o petista já não ocupava cargo no governo Lula.

Membro do Partido dos Trabalhadores (PT), Dirceu se apresentou à PF na noite de sexta-feira, cinco horas e meia depois do prazo determinado pelo juiz Luiz Antonio Bonat, da 13.ª Vara Criminal de Curitiba.

O ex-ministro viajou de carro de Brasília para Curitiba e alegou que houve um “acidente no caminho”.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -