Partido de direita AfD é a segunda força política da Alemanha

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

O partido de direita anti-globalista Alternativa para a Alemanha (AfD) superou o Partido Social-Democrata (SPD), o mais antigo do país, pela primeira vez em uma pesquisa de opinião nacional, despontando como a segunda força política da Alemanha, atrás apenas da legenda da chanceler Angela Merkel.

De acordo com informações do jornal alemão DW:

A sondagem, feita pelo instituto Insa e divulgada nesta segunda-feira (19/02) pelo jornal Bild, apontou que, se eleições gerais fossem realizadas no país no próximo domingo, a AfD receberia 16% dos votos. Nas eleições em setembro do ano passado, o apoio para os populistas foi de 12,6%.

O SPD, por sua vez, levaria 15,5% dos votos, o que corresponde ao nível mais baixo de apoio para o partido desde 2012, quando a sondagem começou a ser realizada. Em setembro, o SPD ficou em segundo lugar no pleito, com 20,5% dos votos, seu pior resultado da história em eleições federais.

Já o bloco conservador liderado por Merkel – a União Democrata Cristã (CDU) e seu aliado bávaro, União Social Cristã (CSU) – alcançaria um apoio de 32% se novas eleições fossem realizadas agora, um índice abaixo do conquistado em setembro, que fora de 33%.

Atrás dessas legendas, mas ainda conseguindo assentos no Parlamento, surgem o Partido Verde, com 13% dos votos, A Esquerda, com 11%, e o Partido Liberal Democrático (FDP), com 9%.

Ao publicar a pesquisa, o jornal Bild descreveu o resultado como “um golpe amargo para o SPD”. Para o diretor do Insa, Hermann Binkert, por sua vez, a sondagem mostrou que “o bloco conservador é atualmente o único partido verdadeiramente popular” na Alemanha.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.