Direita da Alemanha mobilizada contra Angela Merkel

Twitter
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

A direita da Alemanha marca nova manifestação e mantém pressão máxima sobre a chanceler Angela Merkel e sua política migratória de fronteiras abertas.

O novo protesto está agendado para esta quinta-feira (30) à noite em Chemnitz, cidade que vem presenciando protestos após homicídio cometido por imigrantes ilegais.

A alta na criminalidade causada pelo alto fluxo migratório nos últimos anos tem acirrado os ânimos no país.

A grande mídia costuma ignorar estes “detalhes” e rotula alguns incidentes violentos envolvendo cidadãos e migrantes como atos de xenofobia de membros da extrema-direita da Alemanha.

No domingo, cerca de 800 pessoas se manifestaram na cidade de Chemnitz contra o assassinato de um morador por dois imigrantes ilegais.

No dia seguinte, cerca de 6.000 pessoas voltaram para se reunir e enfrentaram centenas de radicais de esquerda, ante uma mobilização policial insuficiente.

Depois dessas manifestações, o movimento previsto para esta quinta-feira é um verdadeiro teste de fogo para as forças de segurança, amplamente criticadas por terem subestimado a magnitude da mobilização nas ruas.

 

Adaptado da fonte AFP
Twitter
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Isso também pode te interessar

Deixe seu comentário

Anunciante
e-consulters
Parceiro

Assine nossa Newsletter!

Preencha o formulário para assinar.

Nome Email
newsletter

Últimas publicações