PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Direita e esquerda se unem para derrubar premiê da Suécia

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

O primeiro-ministro da Suécia, o social-democrata Stefan Löfven, perdeu a confiança do Parlamento.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

O primeiro-ministro da Suécia, o social-democrata Stefan Löfven, perdeu a confiança do Parlamento nesta segunda-feira (21).

Agora, o ex-sindicalista tem prazo de uma semana para apresentar sua renúncia ou convocar eleições antecipadas.

A moção de censura teve origem na semana passada após o Partido da Esquerda retirar o apoio pontual que dava ao governo.

A votação obteve a maioria absoluta de 181 de um total de 349 deputados.

Para derrubar o governo, o ex-partido comunista se aliou às legendas de direita, Partido Conservador dos Moderados e Democrata Cristão, e aos Democratas da Suécia, de extrema direita.

A queda de Löfven é inédita. Ele tornou-se o primeiro chefe de Governo da Suécia a ser derrubado em um voto de confiança.

É o interesse do país que está em jogo“, declarou Löfven em uma entrevista coletiva após o anúncio do resultado.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.