Português   English   Español
Português   English   Español

Direita fortalecida na Suécia a poucos dias de eleições cruciais

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

O protagonismo dos dias de hoje na Suécia é das pesquisas. O país inteiro está acompanhando de perto as mudanças nos pontos que separam os principais partidos.

Os social-democratas, do atual primeiro-ministro Stefan Löfven, estão um pouco à frente de seu inédito rival, o direitista Jimmie Åkesson, líder do partido dos Democratas Suecos nas intenções de voto para as eleições deste domingo (9).

Como de costume, a grande mídia rotula o partido direitista da Suécia de “xenófobo e eurofóbico”.

Historicamente, os partidos do establishment nunca quiseram negociar com os direitistas, mas desta vez o discurso mudou, especialmente nas fileiras dos moderados (conservadores) – e o panorama é mais incerto do que nunca.

“Estas eleições serão um referendo sobre o [Estado de] bem-estar na Suécia”, anunciou na semana passada, quase como um juramento à população, o primeiro-ministro Löfven em uma declaração.

A social-democracia entrou em declínio na União Europeia anos atrás, e a Suécia é sua última vítima. Os grupos antiestablishment conseguiram captar o descontentamento da sociedade. E na Suécia, como na Itália, Alemanha, Hungria ou Áustria, a questão da imigração se tornou a ponta de lança para a mudança na estrutura de poder vigente.

Adaptado da fonte EL PAÍS

Compartilhe...

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

TELEGRAM

Acompanhe todas as notícias através do nosso canal no Telegram.

Newsletter

Inscreva seu email na RENOVA para receber atualizações diárias com as últimas notícias do Brasil e do mundo.

Nome:

Email:

Fique tranquilo(a), assim como você também odiamos spam, você poderá sair quando quiser :)

Comentários_

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias_

Nunca mais seja massa de manobra. Assine!