Direita italiana liderada pela Liga registra nova vitória eleitoral

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Liderada pelo partido Liga, a coalizão de direita da Itália registrou uma nova vitória nas urnas nas eleições municipais, tomando várias cidades e deixando as demais siglas políticas para trás.

As eleições foram um primeiro teste para os partidos que apoiam o novo governo da Itália.

Ao todo, 6,7 milhões de eleitores foram convocados para essas eleições locais em 760 cidades e em duas das 15 circunscrições de Roma.

Os prefeitos em final de mandato nas cidades mais importantes em disputa – Catânia, Siena, Pisa, Brescia e Vicenza – eram todos de centro-esquerda, apoiados pelo Partido Democrata (PD).

Maior das cidades que foram às urnas, com 294.000 habitantes, Catânia passou para a direita, assim como Vicenza. A esquerda conseguiu conservar Brescia, e haverá segundo turno entre esquerda e direita em Siena e em Pisa.

Em Messina (243.000 habitantes), cujo prefeito era um pacifista que liderava uma lista cívica, estão na briga dois candidatos de direita, ou talvez um de esquerda, a depender dos resultados definitivos que ainda não foram divulgados.

 

Com informações de BOL

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.